Você está aqui // Conjuntura, Destaque, Educação, Municipal // PELA VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES

PELA VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES

Por: Direção Colegiada Foi aprovado no dia 3 de julho o projeto de lei 04 de autoria do prefeito Geraldo Julio. Projeto que ataca nosso PCCR, achatando a tabela salarial e descumprindo a lei do Piso que exige que o valor do piso incida nos Planos de Cargos e Carreira. CÂMARA DE VEREADORES – À SERVIÇO DO PREFEITO E DA ELITE Não é a primeira vez que um projeto de lei que ataca os professores é votado nessa casa. Mas nunca deixamos de nos indignar com a postura desses vereadores. Votam projetos a toque de caixa, sem escutar o setor da sociedade envolvido no projeto e como isso vai a repercutir na vida profissional dos trabalhadores. Assim foi com PME em 2014 e mais lá  pra traz com o fim dos quinquênios, o aumento da alíquota da previdência, e por aí vai… Agora mais uma vez a maioria dos vereadores dessa casa do povo, onde o povo nunca tem vez, aprovou um projeto de lei que desmonta nosso PCCR, praticamente igualando três faixas salariais. Com exceção da oposição que foi contrária ao projeto, os vereadores mostraram total subserviência ao prefeito. Fora o projeto que diz respeito diretamente aos professores, foi votada mudança na lei de  isenção da taxa de lixo que beneficia empresários das construtoras e a migração dos servidores do RECIFIN para o RECIPREV, sem debater as consequências dessas mudanças. E ainda tivemos que escutar o vereador Carlos Gueiros que ao ouvir as manifestações da plenária foi totalmente desrespeitoso. Esse senhor, dono da empresa de ônibus Globo, que massacra seus trabalhadores e os usuários do transporte público não tem moral para se dirigir as professoras dessa forma! Mas o mandato deles acaba daqui a três anos e meio. As professoras e professores vão denunciar nas comunidades o papel nefasto desses senhores para cada aluno, mãe e pai de alunos e toda comunidade onde eles gostam de transitar em ano eleitoral para dar as costas logo em seguida. Esses vereadores votaram contra a valorização dos professores:

Aderaldo Pinto (PSB)
Aerto Luna (PRP)
Alcides Teixeira Neto (PRTB)
Almir Fernando (PCdoB)
Amaro Cipriano (PSB)
Benjamim da Saúde (PEN)
Carlos Gueiros (PSB)
Chico Kiko (PP)
Davi Muniz (PEN)
Eduardo Chera (PDT)
Eduardo Marques (PSB)
Eriberto Rafael (PTC)
Felipe Francismar (PSB)
Fred Ferreira (PSC)
Gilberto Alves (PSD)
Hélio Guabiraba (PRTB)
Júnior Bocão (PSDB)
Marco Aurélio (PRTB)
Marcos di Bria (PSDC)
Michele Collins (PP)
Natália de Menudo (PSB)
Ricardo Cruz (PPS)
Rogério de Lucca (PSL)
Romerinho Jatobá (PROS)
Romero Albuquerque (PP)
Wanderson Florêncio (PSC)

E GERALDO JULIO – O AUTOR DO ATAQUE AOS PROFESSORES

 

 

Foto:Sérgio Gaspar

Deixe o seu comentário

Copyright © 2017 SIMPERE.org. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Ítalo Barboza em parceria com a Piquete. Gerenciado pelo Wordpress.