Você está aqui // Destaque, Educação, Municipal // Delegadas e delegados de base organizam próximas lutas

Delegadas e delegados de base organizam próximas lutas

Reunidos no último dia 15 de agosto, as delegadas e os delegados de base do Simpere se debruçaram sobre as propostas aprovadas na última Assembleia Geral. O local do evento foi o Auditório da Soledade e contou com um número expressivo de participantes. Pela manhã a poetisa e professora da rede municipal Neide Germano fez uma abertura dos trabalhos recitando um de seus poemas. Seguindo com os principais pontos da Plenária que foram a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a campanha pela Aula-Atividade (AA).

Durante a mesa sobre a BNCC, Antônio Elba fez uma análise da conjuntura e um histórico das políticas educacionais em nosso país para contextualizar a atual proposta da BNCC. Ele afirma que a BNCC é mais um instrumento de regulação da educação para o mercado capitalista, para o qual a escola pública é apenas um fábrica de mão de obra politicamente dócil e economicamente útil para agenda neoliberal.

Sobre a campanha do cumprimento da Aula Atividade, as delegadas e os delegados tiveram uma conversa coletiva em primeiro momento, no plenário, e em seguida se dividiram em Grupos de Trabalhos (GTs).

Na parte da manhã, Cláudia Ribeiro fez uma apresentação da história de luta pela implementação da AA e reiterou que a luta da BNCC e da AA são a mesma coisa: “se a prefeitura conseguir implantar essa BNCC de Temer, tenham certeza de que não teremos nossa AA. Para que eles vão querer que tenhamos um momento de reflexão se seremos meros reprodutores das cartilhas que serão distribuídas?”. A cada dia vemos a nossa autonomia sendo ameaçada, e atingir diretamente o tempo de planejamento é parte de um projeto dos governos.

Já durante a tarde, Carlos Elias fez questão de lembrar que a aula atividade faz parte da jornada de trabalho do professor, “a jornada de trabalho está dividido em dois aspectos: ⅔ para a regência que fazemos em sala de aula e ⅓ de aula atividade. Esse ⅓ é nosso e a prefeitura tenta de tudo para roubar esse tempo”.

Durante os GTs os participantes detalharam propostas para a campanha. Também foi aplicado um questionário para avaliar as condições de todas as escolas acerca do cumprimento da AA.

O material recolhido durante os GTs será sistematizado pelo sindicato para que seja impulsionada a nossa campanha pela Aula-Atividade.

Este é apenas um dos momentos acerca desses temas que iremos aprofundar junto a categoria.

Deixe o seu comentário

Copyright © 2018 SIMPERE.org. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Ítalo Barboza em parceria com a Piquete. Gerenciado pelo Wordpress.